domingo, 29 de dezembro de 2013

Tragédias de Uma Rapariga Singular - Teatro

Tivemos o grato prazer de assistir na Casa Raphael Baldaya, ali para os lados de S. Bento, mais concretamente na Rua dos Poiais de São Bento, 27 em Lisboa à peça de Teatro Tragédias de Uma Rapariga Singular.
Um espaço pequeno onde cabem 25 a 30 pessoas mas afável, bem acolhedor, onde servem uns bons petiscos, com uns proprietários, Rita e Nuno, simpatiquíssimos.
A peça tem a duração de 50 minutos, bem intensos... Tem como protagonistas as atrizes Sofia Sousa e Carolina Martins. Se desconhecíamos a atriz Carolina Martins, não poderemos dizer o mesmo da Sofia Sousa que já conhecíamos como modelo fotográfico, por sinal uma excelente modelo.
E ficámos "apaixonados" pelas intervenções, em especial da Sofia que vive o papel de uma rapariga bipolar, mas de uma autenticidade quase real do que é ser bipolar.
Nos últimos tempos temos pesquisado as características desta doença, e muito sinceramente a "intervenção" que vimos é real, dramática, assustadora, e toca-nos a nós que sabemos ser o drama de uma bipolar.
E ficamos perplexos, como esta simpática e bonita actriz, modelo, música ainda não teve o seu "lugar ao sol" numa das grandes companhias de teatro nacional, onde é por vezes evidente a falta de talento.
Deixamos a sugestão para os encenadores ou empresas de teatro nacional. Dêem uma oportunidade a estas atrizes que serão recompensados com o êxito das suas intervenções.

Sinopse
O espetáculo "Tragédias de uma rapariga singular", é um convite a um certo "voyeurismo" que existe em nós.
Assistimos a uma manhã na vida de uma rapariga de 23 anos, de nome Ana, que tem sido vítima de uma série de tragédias e dramas: morte dos pais, perda de emprego, traída e abandonada pelo seu amor. 
Nota-se no seu comportamento um problema de "bipolarismo"…

No entanto, Helena, uma psicóloga, depois de um envolvimento "intimo" com Ana, ajuda-a descobrir uma saída feliz... e mostra-lhe que tudo é mais simples, do que parece.

FICHA TÉCNICA:
Atriz Carolina Martins
Atriz Sofia Sousa
Texto Pedro de Adão
Encenação Miguel Ruivo

Deixamos algumas fotografias da peça:







Sem comentários:

Enviar um comentário

Multibanco