quarta-feira, 7 de junho de 2017

Salgados, Nazaré


Sem comentários:

Enviar um comentário

Olho o relógio

Olho o relógio... Olho o relógio vezes sem fim Até parece que o mesmo parou Espero ouvir a tua voz para me falares de ti Sabes que esta...