sábado, 9 de maio de 2015

Angelita e André

Conversava com minha mulher numa das mesas da Pastelaria Versalhes no espaço do HJM quando me apercebo de uns acordes fe viola e uma bela voz que cantava.
Primeiro até pensei ser alguém com um rádio, quando vejo uma jovem defilhando a viola e cantando.
Aproximo-me e pergunto se posso gravar a que a jovem, depois se apresentou como Angelita Gaiteira, acedeu um pouco admirada, bastante timida.
E cantou para mim... A voz era potente, suave e maravilhosa.
Ali fiquei quase que sonhando e pensando estar a gravar. E digo pensando estar a gravar porque carreguei no "pausa"  e não gravei nada.
Disse-me depois que era de Bragança e que estava em Lisboa em hospital de dia.
Passou depois a viola a um jovem dos deus 19/20 anos, o André Pires, que era seu amigo e que eu já tinha visto por ali a passear. E o André também tocou e maravilhosamente.
E o mais estranho é que a viola tinha só 5 cordas, tendo uma partida.
Simplesmente magnifico este encontro que aqui quero "eternizar",  com a Angelita e o André,

Angelita Gaiteira

André Pires

Sem comentários:

Enviar um comentário

Multibanco